E-Commerce: 5 fatores para anúncios FB de sucesso

Ecommerce: anúncios facebook

Criar anúncios super segmentados para um público-alvo específico é uma forma espetacular de conseguir converter tráfego e-comerce em vendas.

No entanto, não é tão fácil como alguns marketers pensam que é. Há alguns passos críticos que tem de os saber dar, caso contrário arrisca-se a perder dinheiro a torto e a direito.

Estes anúncios podem ser dos mais difíceis de criar, porque tem de estar empenhado a longo prazo. Mas se jogar bem os seus trunfos e seguir as orientações abaixo, vai ter resultados mensuráveis – e espetaculares.

5 fatores chave de anúncios de Facebook de sucesso para e-commerce

  • Público super específico
  • Anúncios carrossel com fotos de alta qualidade
  • Criar credibilidade com copy concisa
  • Investimento mensal em anúncios consistente
  • Retargeting pós-visualização

Esta técnica pode não funcionar para todas as lojas online. O meu objetivo é incentivá-lo(a) a pensar e saber como e onde segmentar o seu anúncio, o que colocar nas imagens, e acima de tudo, como eliminar as objeções de compra antes de alguém sequer clicar no seu anúncio.

Para isso, vou mostrar um estudo de caso dos meus, e como um custo de €7.50 por dia neste segmento de mercado gerou um aumento de 40% nas vendas ao utilizar os cinco fatores chave que escrevi acima.

O que estávamos a promover

Este meu cliente é uma joalharia online. Quando lançaram o website, tinham pouca perceção de marca e top of mind das pessoas. Além do mais, estão num mercado competitivo.

Para ajudar na perceção da marca, lançámos uma campanha de anúncios para levar pessoas para o website deles com base nos produtos que eles tinham que eram mais populares – anéis de noivado.

Estudos apontam que enquanto os homens normalmente se envolvem na decisão de compra de anéis de noivado, eles não são os maiores investigadores e influenciadores na compra, nem estão particularmente entusiasmados com isso.

Por isso, criei uma campanha de anúncios Facebook orientada para pessoas do sexo feminino, aquelas que demonstraram interesse em anéis de noivado.

Ao longo dum período de 45 dias (bem avisei que é necessário estar neste jogo a longo prazo) com um orçamento pequeno, a campanha gerou um aumento de 1000% de pessoas vindas do Facebook, e um aumento de 40% de vendas nesse período.

Resultados ao fim de 180 dias

Gasto total: €1183.74
Alcance: 211840
Impressões: 420941
Cliques: 26531
Taxa de cliques: 5.21%
Custo por clique: €0.06

Anúncio para cliente

Fator #1: Público super específico

Uma coisa boa sobre ter um negócio online é que há concorrentes no seu nicho de mercado que estão a vender um produto MUITO semelhante. Assim, planeie o seu ataque tirando partido disto.

Para esta campanha, o cliente estava a vender anéis de noivado de qualidade: um mercado específico com interesses único num momento único da vida das pessoas.

Como resposta a este tipo de conjunto específico de pessoas, poderíamos ter criado uma campanha complexa cheia de interesses a corresponder a certos públicos, mas eu gosto de coisas simples e em vez disso criámos anúncios para um interesse específico, para uma das maiores empresas que vendem anéis de diamantes no mundo.

Agora, atenção. É preciso ter cuidado nestas coisas, porque por exemplo, alguém que gosta de Lamborghini Diablo’s não quer dizer que tenha dinheiro para comprar um. Assim como muitas pessoas gostam de Rolex, mas não têm e nunca irão comprar um.

Mas neste caso, este interesse específico para que segmentámos (uma empresa concorrente maior que o meu cliente) vende anéis caros, mas é um tipo de “caro” que consegue ser comprado, porque é para uma etapa especial na vida das pessoas (anéis).

Como é que isto funcionou:

Esta empresa concorrente que segmentámos como concorrente correspondia a vários critérios do tipo de público que queríamos atingir.

A página concorrente tinha vários milhares de fãs no Facebook, fãs bem envolvidos com a marca, com bons posts. Aqui o objetivo era fazer anúncios durante um mês e evitar que seja mostrado repetidamente a um conjunto pequeno de pessoas.

A semelhança em comum que emulámos foi a atitude em torno de comprar um anel de diamante. Esta empresa foi fundada por um jovem que se queria casar e passou em primeira mão pelo desafio de encontrar um anel de noivado que fosse ao encontro dos valores dela e da ocasião especial a que se destinava.

“Valores dela” é a palavra-chave aqui. As pessoas que andam à procura de anéis de alta qualidade fazem-no porque são indivíduos que se valorizam a eles próprios e aos outros.

Eles não precisam do maior diamante possível, portanto atingir um conjunto de pessoas que gostam duma empresa que vende anéis com diamantes perfeitos e grandes (e caríssimos) não seria uma boa escolha. Da mesma forma, também não seria uma boa escolha segmentar para empresas que produzem diamantes pequeninos em massa.

O ideal neste caso seria um anel de noivado bom, que represente bem os valores destas pessoas que queremos atingir, e que fique ali no meio-termo – não sendo dos mais caros nem dos mais baratos.

Fãs envolvidos com a marca, um grande público, e um nicho de mercado idêntico, assim como os valores com que os clientes se identificam: é este o nível de detalhe que tornou esta segmentação uma campanha de sucesso.

Ponha isto a funcionar para si

Escreva 3-5 concorrentes seus que partilhem os mesmos valores dos seus potenciais cientes. Faça mesmo este trabalho de casa e aprofunde nisto para perceber o que é que estas pessoas estão à procura quando compram um produto semelhante ao seu.

Dica: use as Estatísticas do Público (Audience Insights) para saber mais sobre os fãs dos seus concorrentes e perceber o que é que eles valorizam mais e saber se eles são uma boa escolha para os segmentar. Veja este vídeo para saber como encontrar Interesses com as Estatísticas do Público.

Fator #2: Anúncio Carrossel c/ fotos de qualidade

Se tem uma loja online (e-commerce), sabe a importância de fotos de alta qualidade e como elas podem ditar o resultado entre vender ou não vender.

Quando alguém não consegue mexer fisicamente no produto, estamos forçados a usar os detalhes das fotos. E isto é particularmente verdade ao vender produtos muito caros.

Isto é importante para quando as pessoas estão a ver scrolling na News Feed à procura de memes, fotos, posts interessantes. Elas estão à procura de entretenimento, não necessariamente de anúncios seus.

Há duas opções que pode fazer quando quer que o utilizador que seja seu potencial cliente parar de fazer scrolling:

1) Pode criar um anúncio nativo que emula o aspeto dum post de anel de noivado como se tivesse sido publicado por um amigo; ou
2) Pode usar fotos de alta qualidade que chamam à atenção sobre o produto.

Para parecer profissional no mundo online, ter fotos de alta qualidade é imprescindível. Por isso, sugiro aos meus clientes que tirem fotos e selecionem as melhores para usar nos anúncios Facebook.

Dica: se você for uma marca pessoal, invista em fotos suas (da sua cara, corpo). Contrate um estúdio de fotografia profissional. Não é só pela questão do equipamento deles ser melhor que a sua câmara XPTO do telemóvel, é porque eles têm um entendimento de luz, planos e ângulos que nós não temos.

Ponha isto a funcionar para si:

Escolha as fotos de maior qualidade dos melhores produtos da sua loja. Use o Photoshop se precisar ou faça outsourcing disto a um profissional para tornar as imagens mesmo espetaculares.

Dica: Crie um anúncio de carrossel de cinco fotos deixe que o Facebook otimize para a foto mais popular para aparecer primeiro (o Facebook chama-lhe “cartões” em vez de “imagens”)

Deixar Facebook escolher melhor imagem para mostrar primeiro num anúncio carrossel

Fator #3: Crie credibilidade com boa copy

A melhor coisa que pode fazer com o seu anúncio eCommerce é criar copy (texto) para matar objeções comuns.

“Está à procura dum anel de noivado? Com +30 anos de experiência no mercado, aconselhe-se connosco para tornar o seu dia especial”

Primeiro, o anúncio começa com uma pergunta. Fazer uma pergunta direta ajuda a trazer mais tráfego (visitantes) qualificados porque sabemos que as pessoas que clicaram estão à procura dum anel.

Segundo, a copy do anúncio vai ao encontro da resposta a uma objeção comum que uma pessoa tem ao considerar comprar uma coisa cara na internet: “Será que posso confiar nesta empresa/compra?”

No mundo do e-commerce, é importante estabelecer credibilidade junto do seu cliente alvo. Numa loja física, a confiança pode ser ganha facilmente porque há contacto humano. A pessoa pode mostrar as suas preocupações com um funcionário da loja que o acompanha na tomada de decisão de comprar.

Mas online, as coisas são diferentes.

E isto é particularmente verdade ao vender produtos muito caros. Ao vender um anel de diamante que possa custar +5000 euros, o fator de confiança é crítico. Nem toda a gente vai fazer uma compra destas assim sem mais nem menos.

Ao incluir o “+30 anos de experiência”, respondemos à primeira e segunda objeção, que é “Irei receber a minha encomenda?” e também “Posso confiar nesta empresa se tiver um problema?”

Com tantas empresas online, é importante para o cliente saber que isto é uma empresa que está no ativo há algumas décadas, e que está aqui para ficar nos próximos anos.

Depois, o “aconselhe-se connosco” responde a uma outra objeção comum no mundo das vendas, que é “Será que posso contar com eles para me darem conselho personalizado que iria ter se fosse a uma loja física?” Ao lidar com esta objeção, estamos a confortar o comprador que estão em boas mãos.

Ponha isto a funcionar para si:

Escreva 10 objeções comuns que tenha (ou espera ter) dos seus clientes e potenciais clientes.

Por exemplo, se estiver a vender um produto que é pesado, pode falar sobre envio gratuito. Se vende um produto que é normalmente dado como presente, pode falar sobre devoluções fáceis.

Dica: Entreviste 5-10 clientes seus sobre objeções comuns e como eles decidiram comprar alguma coisa sua. Não só irá ter alguns testemunhos que possa usar no seu site, mas irá saber a linguagem que eles usam para se expressar quando dão as suas objeções.

Fator #4: Investimento mensal em anúncios

Este anúncio correu durante 250 dias, e teve bons resultados. Eis os resultados ao fim de 180 dias.

Gasto total: €1183.74
Alcance: 211840
Impressões: 420941
Cliques: 26531
Taxa de cliques: 5.21%
Custo por clique: €0.06
Partilhas: 32
Comentários: 27
Likes: 849

O investimento estava definido para €12/dia só para este anúncio, e depois baixado para €6/dia, onde esteve até então, bastante estável a nível do custo por clique.

A vantagem de ter um gasto/investimento consistente ao longo de tantos meses é que isto gera um fluxo constante de pessoas a irem à sua loja online.

Este tipo de anúncio também teve bom alcance orgânico. A maioria dos comentários foram de pessoas que partilham o anúncio com outras pessoas no Facebook. Se o anúncio fosse feito só durante um mês, talvez não tivesse tido o mesmo impacto.

É por esta razão que sugiro aos meus clientes e alunos que têm lojas online para fazerem anúncios Facebook a longo prazo e não só durante um dia ou dois e parar porque pensar que não está a dar resultados.

Pense a longo prazo, invista a longo prazo.

Ponha isto a funcionar para si:

Em vez de investir muito dinheiro duma vez em apenas num mês, pense a longo prazo e invista menos, mas durante mais tempo (ex.: 6 meses).

Pode aumentar ou diminuir o seu investimento ao longo do tempo. Ter um anúncio a correr de forma consistente, que sabe gera resultados, não só é bom para o seu negócio como cria familiaridade com as pessoas e ajuda a ultrapassar a objeção comum de falta de confiança que pode haver com algumas pessoas.

Dica: Escolha um público grande e vá espreitando o seu CPC (ou custo por conversão/lead) para saber se não está a aumentar de forma desmedida ao longo do tempo.

Fator #5: Retargeting

A longo prazo, pode fazer um anúncio de retargeting que é mostrado a todas as pessoas que aterraram no seu website.

Não é à toa que empresas grandes como a Amazon ou a Staples, ou mesmo cá em Portugal, lojas de suplementos como a Prozis e a HSN Store fazem anúncios retargeting que o seguem pelo Facebook e na internet.

Eles sabem que os anúncios retargeting funcionam.

É normal uma pessoa distrair-se antes de fazer uma compra no carrinho. Isto pode ter sido por não ter encontrado o cartão de crédito na carteira, ter-se distraído com alguma coisa, ou ter pensado duas vezes e ter decidido não comprar o produto.

Ao criar um anúncio retargeting que os lembra do interesse no produto, ou que elimina alguma objeção que possam ter, está a meio caminho andado de lhes conseguir “sacar” uma venda.

Ponha isto a funcionar para si:

Crie um anúncio simples que os lembra de algum produto que visitaram. Estas pessoas são tráfego “morno”, portanto não precisa de lhes explicar quem você é.

Pode até usar um comentário positivo de algum cliente para eliminar alguma objeção comum relevante ao seu produto, e como forma de mostrar prova social de outras pessoas que já compraram produtos seus.

Pode aplicar o mesmo para venda de serviços, e não necessariamente só de produtos.

Dica: Defina o seu retargeting, para que possa segmentar para pessoas que chegaram ao seu carrinho, mas não chegaram à página de finalização da compra (não compraram).

Pode-lhes dar um cupão especial para os re-incentivar a ir lá de novo e comprar. Veja o meu artigo do Guia Completo de Públicos personalizados. É um artigo super-extenso e detalhado.

Não estou a brincar. Depois de o ler e implementar irá saber mais do que 95% dos especialistas de Facebook que andam por aí.

E agora… a bola está do seu lado. Já experimentou anúncios para e-commerce?

Dominar os Públicos Facebook duma vez por todas

Está à procura dum ÚNICO recurso que explica todos os Públicos Facebook que precisa saber para ter anúncios que geram faturação a sério?

Agarre uma cópia do meu belo ebook:
Ebook EmCheio

Não gaste nem mais um cêntimo nas suas campanhas antes de abrir este manual de treino bastante abrangente. Clique aqui para saber o que está lá dentro.