Como fazer testes A/B anúncios FB.

Lutar contra o algoritmo: como fazer testes A/B em anúncios FB

Um dos meus alunos do curso Domínio Completo colocou-me uma boa pergunta recentemente.

Ela estava a criar uma campanha para o lançamento dum programa que o cliente dela faz algumas vezes por ano (é sazonal).

Como fazer testes A/B anúncios FB.

Com base em resultados anteriores, ela sabia a imagem que tinha melhor desempenho, mas sentia-se um bocado frustrada porque nenhuma das outras imagens (que eram boas imagens) tiveram oportunidade de destaque devido ao Facebook mostrar os anúncios que têm melhor desempenho e mostrar menos vezes os outros.

Esta aluna é esperta e sabia que as outras imagens provavelmente teriam melhor desempenho, mas ela não sabia a melhor maneira de fazer testes A/B.

Esta foi a resposta que lhe dei para fazer testes A/B em anúncios Facebook:

1. Experimente dois anúncios de cada vez

Cada conjunto de anúncios deve ter apenas dois anúncios nele (mas você quer ter quantos conjuntos de anúncios quiser com diferentes Públicos).

Pegue na imagem que teve melhor desempenho da sua última campanha e teste-a contra uma nova imagem. Tudo o resto do anúncio deve ficar igual, só a imagem é que muda.

2. Deixe que o melhor anúncio ganhe

O Facebook faz-lhe um valor ao otimizar a sua campanha, portanto deixe-o fazer isso.

Se tem um anúncio que lhe dá todos os resultados, será um problema? Bons resultados são bons resultados. Não fique obcecado(a) em querer testar uma série de coisas diferentes. (Imagine como o cliente se iria sentir se as suas outras imagens tivessem pior desempenho. Ninguém quer isso.)

Ao fazer testes A/B dos seus anúncios Facebook, deixe o melhor anúncio ganhar. Click To Tweet

3. É difícil testar algo novo contra um bom anúncio

Se um dos seus anúncios lhe traz muitos cliques e conversões, então o Facebook considera este o melhor, mesmo que tenha outros anúncios novos no conjunto de anúncios.

Assim, é provável que os seus novos anúncios tenham poucas impressões. Um anúncio vencedor (escolhido pelo Facebook como o melhor no conjunto de anúncios) irá sempre travar um anúncio sem cliques, mesmo que queiramos que o novo anúncio tenha alguma hipótese de aparecer mais vezes.

4. Não toque num anúncio que está a ter bons resultados

Se quer realmente testar as imagens e o texto que funciona bem no anúncio atual contra novas imagens e texto, tem de recriar todos os anúncios num novo conjunto de anúncios.

Recriar um anúncio faz reset à otimização que o Facebook faz (quando escolhe um anúncio dentro dum conjunto para o mostrar mais vezes do que os outros).

Mas depois a minha aluna viu que quando ela fez isso, o anúncio que estava a ter bons resultados num conjunto de anúncios, tinha um custo caro por conversão noutro conjunto de anúncios?

E porquê? Porque o Facebook leva tempo para otimizar os seus anúncios; uma parte da razão porque o anúncio estava a ganhar anteriormente era por que o Facebook estava a ajudar o anúncio a ganhar aquela “embalagem”.

Começar de novo significa que não há “embalagem”, não há um empurrãozinho exterior. Portanto, se tem um anúncio que tem um bom desempenho, deixe-o andar. Normalmente acabo por ficar com um anúncio num conjunto de anúncios que usa 90% do meu orçamento porque não quero andar a mexer com a “embalagem” dele.

Não mexa na 'embalagem' dum anúncio Facebook - significa que terá melhores resultados. Click To Tweet

5. Espero que os vencedores parem de ganhar

Eventualmente todos os anúncios deterioram-se ao longo do tempo, mesmo os vencedores. Deixe que o seu anúncio vencedor seja mostrado no seu conjunto de anúncios até o custo por conversão começar a aumentar significativamente.

Não costumo olhar para o custo geral por conversão, mas para quanto é que as conversões me estão a custar em certos dias. Se o custo por conversão aumenta por dois dias seguidos, eu pauso-o e experimento algo diferente.

6. Evite fadiga da audiência

Há uns tempos vi 3 tipos de anúncio diferentes da mesma pessoa a anunciar um webinar (é um guru do marketing estrangeiro). Eu pensei, bem, ela deve estar a fazer vários anúncios ao mesmo tempo, mais do que um conjunto de anúncios ao mesmo tempo, ou então muda os anúncios dela muito depressa.

Usar mais do que um conjunto de anúncios é uma boa forma de testar diferentes imagens e texto. Mas tenha cuidado em como o faz. Se usa apenas interesses diferentes para diferenciar os conjuntos de anúncios, irá ter “sobreposições”. Eis o que eu quero dizer com isto:

Suponha que tem 3 conjuntos de anúncios, cada um com um interesse. Os seus interesses são Amy Porterfield, Mari Smith e Gary Vaynerchuk. Eu gosto de todas estas páginas no Facebook, portanto é altamente provável que me seja mostrado todos esses três conjuntos de anúncios.

Em vez de segmentar o seu público por interesse, use dados demográficos para se certificar que chega a pessoas diferentes.

Numa campanha recente que fiz, o meu cliente queria saber se seriam as mães ou mulheres solteiras que se iriam converter melhor. Portanto fiz dois conjuntos de anúncios para cada apelo à ação (call-to-action): um que segmentava para mães, e outro que segmentava para mulheres solteiras.

Resultado: ambas converteram à mesma percentagem na landing page do cliente, mas as mães foram mais caras na segmentação.

Eis outros demográficos que pode usar para segmentar o seu público:

  • Local: teste diferentes imagens e texto conforme a cidade, região ou país
  • Idade: segmente o seu público usando o mesmo grupo de idades que o Facebook usa nos relatórios: 18-24, 25-34, 35-44, 45-54, 55-64, 65+.

Nunca pare de testar e experimentar

Digo a todos aqueles que dou coaching: só porque alguma coisa funciona hoje não quer dizer que funcione amanhã. O seu CPM (custo para mostrar um anúncio por cada 1000 visualizações) depende de quem mais está a fazer anúncios para o mesmo público que o seu, e esses números variam bastante.

Agora o cliente sabe que a imagem que funcionou bem para ela da última vez pode não ser a melhor para o anúncio desta vez. E quando eu reinicio uma campanha de angariação de leads para a minha lista de emails, que teve bom desempenho da última vez, tenho de prestar atenção às métricas para ver o que acontece desta vez.

Não digo isto para assustar, mas para que fique preparado(a) para tudo.

Nunca parta do princípio que descobriu FINALMENTE o segredo dos anúncios Facebook: porque nunca sabe o que vai acontecer no mês que vem.

Tenha a ajuda que precisa

Precisa que alguém o(a) acompanhe em todos estes detalhes? Clique aqui para agendar coaching 1:1 em treino de anúncios Facebook.

Seja social e partilheShare on FacebookShare on LinkedInTweet about this on Twitter

Deixe um comentário