Fazer anúncios Facebook para os subscritores da sua lista

Públicos personalizados: como gerar vendas à ultima da hora

Tentar vender mesmo o melhor produto do mundo com anúncios Facebook é difícil.

Quando está num site de compras (ex.: Prozis, Amazon, etc.), sabe que tem abrir a carteira para comprar aquilo que quer. Mas a maioria das pessoas não está nas redes sociais com vontade de gastar dinheiro.

Para além disso, 99% das pessoas no Facebook nunca ouviram falar de si, do seu negócio, nem do seu produto. Você vai gastar bastante dinheiro em anúncios antes de fazer uma única venda, mesmo que o seu produto seja barato e bom.

Mas isso não quer dizer que deva desistir. Bem pelo contrário, é essa a altura de se tornar criativo com os Públicos Personalizados e a sua lista de email.

Por exemplo, 4 dias antes de um cliente meu ter fechado o carrinho num produto digital, criámos um Público personalizado que mostrava anúncios para pessoas específicas: qualquer um que tivesse mostrado interesse no produto mas que não tinha comprado ainda.

É possível fazer isto com o píxel do Facebook, mas neste caso extraí esta informação através do fornecedor de email marketing que ela usa, o ActiveCampaign, e já vai perceber porque quis que fosse a partir do fornecedor de serviço de email.

Fizemos anúncios a lembrar as pessoas que o carrinho estava a fechar, e levámos pessoas para uma página de testemunhos para que pudessem ver os comentários das outras pessoas que se inscreveram no programa. Pagámos apenas €60 na reta final da campanha, o que trouxe mais 10 vendas num produto de €77.

É possível que essas 10 conversões tivessem acontecido mesmo que não tivéssemos feito os anúncios. Não é normal a maioria das pessoas online deixar as compras para a última hora? Sim, talvez, mas é provável que alguns tivessem falhado o prazo limite, enquanto outros nem se tinham apercebido que o carrinho estava aberto.

Portanto esses 4 dias de anúncios Facebook foram como que uma “apólice” de seguro de €60 que deu de volta €770 em faturação. Bom retorno ao investimento não acha? (E isto foi na reta final)

Para o seu próximo lançamento de produto, seja ele digital, ou físico, pense em criar a sua própria apólice de seguro nos últimos dias antes de o carrinho fechar.

E isto faz-se com um Público personalizado.

Criar um Público personalizado a partir de uma lista de emails é fácil, veja este tutorial em vídeo e vai conseguir fazer isto em 5 minutos.

Não tenha medo desta estratégia só porque envolve algum trabalho da sua parte. Isto torna-se mais fácil (e rápido) de cada vez que fizer.

Dúvidas? Escreva nos comentários.

Subscreva-se no canal YouTube:
Botão subscrição canal YouTube

Nota importante que não disse no vídeo:

Nem todos os emails dos seus subscritores são os mesmos emails com o qual eles têm uma conta no Facebook. Ou seja, os anúncios vão ser mostrados apenas às pessoas da sua lista cujo email é o mesmo com o qual têm conta no Facebook.

Por exemplo, se a sua lista de emails tiver 1000 pessoas, a lista que o Facebook reconhece como “batendo certo” com os emails deles, pode ser de 900 (ou seja, há aqui 100 pessoas cujos emails que estão na sua lista, não são os mesmos emails com que essas cem pessoas têm conta registada no Facebook.


Transcrição do vídeo

Neste vídeo vou mostrar como carregar uma lista de email para mostrar anúncios Facebook aos seus subscritores.

Olá, eu sou o João Alexandre, e dou-lhe dicas para crescer o seu negócio em menos de 5 minutos.

Então, porque é que iria querer mostrar anúncios Facebook aos seus subscritores?

Se você acompanha os meus conteúdos, já sabe que não aconselho às pessoas vender produtos a quem não é fã seu ou a quem não está na sua lista, porque é difícil vender seja o que for a quem não o conhece com anúncios Facebook.

Mas quanto tem um novo lançamento de produto, ou abriu o carrinho, ou tem uma promoção, mostrar anúncios Facebook aos seus subscritores é uma boa forma de aumentar as vendas.

Então como é que fazemos isto?

Vamos ao Gestor de Anúncios, e vou clicar no canto superior esquerdo, e vou selecionar Públicos.

Em Públicos, vou clicar no botão azul Criar Público, e vou selecionar Público personalizado.

Isto abre uma nova janela, e vai selecionar esta opção que diz Ficheiro de clientes.

E agora vamos ter a outra janela onde vamos ter mais duas opções, Escolhe um ficheiro ou copia e cola dados, e Importar do MailChimp.

Basicamente o que estamos a fazer aqui é a fazer o carregamento da nossa lista de emails para o Facebook, para que depois possamos criar um Público com base nesta lista de emails e mostrar anúncios apenas a estas pessoas.

Se formos importar do MailChimp, se usar o MailChimp como fornecedor de email marketing, pode clicar aqui, e depois Iniciar sessão com o MailChimp.

Isto é completamente seguro entre o MailChimp e o Facebook, portanto pode iniciar sessão, e depois o MailChimp e o Facebook ligam-se um ao outro, e depois pode então escolher qual é a sua lista.

Ao fazer a ligação do MailChimp com o Facebook vão aparecer todas as suas listas que depois pode escolher para criar a lista que quer para os seus anúncios Facebook [serem mostrados] a estes subscritores.

E agora vou mostrar a outra opção.

Se não usar o MailChimp, pode criar um Público personalizado, selecionar Ficheiro de clientes, e vamos então escolher a outra opção que é Escolhe um ficheiro ou copia e cola dados.

Vamos aqui fazer o carregamento do ficheiro CSV do nosso fornecedor de email marketing, portanto vá ao seu fornecedor de email marketing e faça uma exportação da sua lista.

Por exemplo, eu uso o Active Campaign. É um dos fornecedores de email marketing que uso.

Bastava vir aqui aos Contactos do Active Campaign e clicar em Exportar.

Ele depois faz-me um ficheiro export CSV, e depois posso vir então aqui e carregar o ficheiro.

Também podia copiar e colar a partir dum ficheiro de TXT ou CSV. Mas eu preferi carregar um ficheiro.

Depois dou um nome. Posso meter A minha lista de subscritores e clicar em Seguinte.

No passo seguinte o Facebook vai pedir para mapear os dados. O que é isto? É fazer o mapeamento, a correspondência dos campos que nós temos [da lista de email] com os campos que o Facebook acha que aquele ficheiro tem.

Por exemplo, o email desta pessoa, o Facebook acha que isto é email, e ele está correto.

Este campo aqui é o primeiro nome e o Facebook não descobriu o que é. Eu posso clicar aqui e decidir Não Carregar, ou atribuir isto como Nome próprio, que é basicamente o primeiro nome, é a mesma coisa.

Vou clicar aqui em Nome próprio.

E o Facebook reconhece agora que este é o nome, estes são, do lado esquerdo, os campos que eu tenho na minha lista de emails, e do lado direito é o mapeamento dos dados que o Facebook reconhece como aqueles campos.

Neste caso vou deixar apenas o email e o nome próprio.

Depois vou clicar no botão Carregar e criar para ir para o próximo passo.

E aqui está. A minha lista foi processada e foi mapeada pelo Facebook, e agora o que posso fazer é Criar um público semelhante, ou criar um anúncio diretamente para este público, que é isso que nós queremos.

Ou seja, eu criei um público personalizado e posso logo criar um anúncio para este público.

Aqui podia escolher por exemplo um anúncio de Conversões, e na parte do Público, podia escolher diretamente a Minha lista de subscritores.

Lembra-se? Foi o nome que dei à minha lista de emails que carreguei para o Facebook e que o Facebook automaticamente colocou aqui.

Agora podia passar pelo processo de criar um anúncio diretamente para a minha lista de subscritores.

E é assim que se cria um Público personalizado com base numa lista de emails, para que possa criar anúncios Facebook para a sua lista de emails.

Espero que este vídeo tenha sido útil, se foi, por favor Goste, Comente, Partilhe, faça um comentário, porque isto a mim diz-me o tipo de vídeo e conteúdo que você precisa para que o possa ajudar no seu negócio. Obrigado.

Seja social e partilheShare on FacebookShare on LinkedInTweet about this on Twitter

Deixe um comentário