Como medir o ROI dos seus anúncios Facebook a longo prazo

É impressionante quão detalhado é o acompanhamento de conversões do Facebook. Diz-lhe quantas pessoas clicaram no seu anúncio, visitaram a sua landing page e se inscreveram para o seu conteúdo gratuito.

Ou quantas pessoas clicaram e depois compraram o seu produto. Espetáculo. Acompanhar os seus resultados é uma das melhores coisas sobre os anúncios Facebook para crescer o seu negócio.

Resultado por conversão e custo por conversão

Mas como calcular o retorno ao investimento (ROI) a longo prazo? Deveremos poder olhar para os anúncios e dizer:

“Ok, gastei €100 em anúncios Facebook nos últimos 2 meses. Durante a última campanha, 3 pessoas que compraram o meu curso entraram na minha lista através desses anúncios. A faturação total dessas 3 compras foi de €600. O meu ROI é €500.”

O Facebook só acompanha conversões que ocorreram até aos últimos 28 dias após o seu anúncio ter sido mostrado. Isso significa que instalar acompanhamento de conversões nas suas campanhas não é o suficiente se estiver a fazer anúncio mais de um mês antecipadamente.

A melhor forma de medir o ROI a longo prazo é com o seu fornecedor de email marketing e com uma cópia da sua landing page.

Eis como eu fiz com o meu site WordPress e com o ActiveCampaign. Se não usa o ActiveCampaign, replique a estratégia por detrás deste processo com o seu fornecedor de email marketing.

  1. Clonei o formulário do meu guia gratuito de anúncios, que é o que tenho na minha landing page (clique aqui para ver a landing page). Todos os que se inscrevem nesse formulário são designados com uma tag “guiagratuitoanunciosfb” e entram para a lista geral. Assim eu sei que aquelas pessoas (quer sejam ou não subscritores atuais, subscreverem esse guia específico).
  2. Dupliquei duas coisas: a minha landing page e o formulário. Estes clones da landing page e formulário são idênticos aos originais, apenas têm URL e nomes diferentes. Todos os anúncios Facebook que agora fizer a promover o guia gratuito vão para este clone da landing page. Não publiquei este clone em mais lado nenhum, assim sei com quase toda a certeza que o único tráfego para essa URL é a partir das minhas campanhas (pode acontecer que a pessoas partilhem o link para a URL do clone, portanto é preciso ter em conta algumas exceções).
  3. Qualquer pessoa que aterra no clone da landing page e decide subscrever-se para receber o guia, são adicionados ao clone do formulário que também criei. Este clone do formulário atribui uma tag de “clone-guiagratuitoanunciosfb” e coloca-os numa automação no ActiveCampaign para receber o guia e outros emails automatizados em sequência.
  4. Todos aqueles que se inscreveram neste clone do formulário entram na mesma sequência do que aqueles que se inscreveram no formulário original, só têm é uma tag diferente que lhes foi atribuída, para eu saber do meu lado que eles se inscreveram no clone da landing page. Não é necessário assim haver uma sequência/automation duplicada ou uma thank you page duplicada, só a landing page e o formulário é que necessitaram de ser duplicados.

Agora quando olho para a minha lista de clientes, vejo quantos deles têm a tag “clone-guiagratuitoanunciosfb”. Posso assim saber quanto faturação fiz como resultado a longo prazo dos meus anúncios de crescimento da lista de emails.

Ou seja, consigo saber quantas dessas pessoas compraram algum ebook pago ou o meu curso online, vindos desse guia gratuito.

Se ainda estiver a usar o MailChimp ou o Aweber, pode ter de usar uma ferramenta como o Zapier para adicionar essas tags. Ou pode elevar as táticas do seu negócio ao próximo nível, poupar-lhe dores de cabeça e mudar para o ActiveCampaign.

Responda nos comentários se tiver dúvidas.

Divulgação de afiliamento: alguns links contidos neste artigo são links de afiliado, e poderei receber uma comissão se tornar-se cliente. Só para você saber.

Seja social e partilheShare on FacebookShare on LinkedInTweet about this on Twitter

Deixe um comentário