Será que o Snapchat veio para ficar?

Snapchat veio para ficar?

Apesar da sua reputação como sendo apenas para jovens e como sendo uma moda passageira, o Snapchat fez a sua marca no mundo e está cá para ficar.

Não é apenas usado por adolescentes ou universitários para enviar fotos que desaparecem de pessoas em poucos trajes: é uma ferramenta de marketing para os social media.

O simples facto de que esta app é tão popular com as camadas mais novas faz parte do apelo que ela tem para com eles, e para marketers e empresas que a sabem usar.

Porque é que os jovens adoram o Snapchat
O Snapchat é um tipo de app que dá aos utilizadores conteúdo super curto e super rápido: as imagens desaparecem em 10 segundos quando são enviadas. É esse o apelo principal que o Snapchat tem, especialmente com os jovens.

O conteúdo que desaparece ao fim de alguns segundos torna tudo mais excitante, pelo utilizador saber que vai ficar sem o conteúdo, tornando-o mais precioso.

Em vez de ver um anúncios de 15 segndos ou ler um artigo de 2 minutos, tudo está sumarizado numa única imagem ou mini-vídeo. É também por isso que apps como o Vine (vídeos de 6 segundos) e sites como o Twitter e Tumblr são populares. Quanto mais curto o conteúdo, melhor.

Enquanto que os adolescentes e millenials (geração Y) parece que partilham muita coisa entre eles, na realidade eles até valorizam muito a sua privacidade, e o Snapchat dá-lhes a oportunidade de partilhar sem arrependimento.

Eles sabem que as suas imagens irão desaparecer após serem vistas, e assim não têm de se preocupar em que o patrão, amigos ou família vejam algo que não deveriam ter visto.

É no mobile é que as pessoas estão
Em 2015 o tráfego móvel cresceu quase em 70%, e o mais curioso é que metade deste tráfego móvel foi a consumir vídeos.

A maioria dos jovens (e pessoas no geral) preferem conteúdo em vídeo curto (e no geral, outro conteúdo curto, como imagens ou texto), por isso não podemos colocar o Snapchat de lado.

As fotos tiradas pelo Snapchat podem ser rabiscadas na própria app do telemóvel antes de serem enviadas, o que pode aumentar o apelo delas.

Além do mais, quão difícil é fazer um vídeo rápido? Ou uma imagem? O Snapchat não só permite criar e enviar fotos, mas também vídeo.

Se quer que o seu marketing funcione, comece a pensar como o seu público. E isso significa pensar quem usa o Snapchat, esta app que é rápida e pessoal. Pense nela como uma forma de enviar um anúncio móvel sem parecer promocional ou vendedor.

Anúncios no Snapchat
Uma das maneiras em que o Snapchat faz dinheiro (enquanto app) é ao permitir anunciantes que façam anúncios na sua plataforma.

Apesar do Snapchat valer biliões de dólares, a empresa tem de pensar a longo prazo, e as receitas geradas pelos anúncios é uma das formas de eles conseguirem monetizar a empresa. E já há marcas em fila de espera, tais como a Samsung ou a ESPN, prontas para fazer os seus anúncios.

O Snapchat veio para ficar
Esta app está aqui para ficar e não se irá embora para lado nenhum. Faça bom uso do Snapchat para promover o seu negócio: mostre imagens dos bastidores, ou previsões do seu próximo produto ou serviço. Seja criativo(a) e siga as tendências do seu público-alvo.

Para terminar, lembre-se disto: apesar das camadas mais novas poderem, ou não, ser o seu público-alvo ideal, é esta malta que influencia a decisão de compra familiar, e além do mais, eles próprios já têm poder de compra, e ao longo dos anos irão ter cada vez mais poder de compra.

Seja social e partilheShare on FacebookShare on LinkedInTweet about this on Twitter

Deixe um comentário