Escutas os teus empregados?

repariga ouvir música
canonsnapper via Flickr

Escuta, para aprenderes

Tu deves cometer este erro. As pessoas que conheces devem cometer este erro. Eu (às vezes) cometo este erro. Tens de parar de dizer apenas às pessoas o que é que elas têm de fazer e começar a colocar questões. Perguntar qual é a melhor maneira de lidar com algum tipo de problema permite-te a ti saber mais sobre uma certa situação antes de abrires a boca e expressares a tua opinião ou mandares alguém fazer alguma coisa. É impressionante o que se pode descobrir quando se faz perguntas em vez de se fazer suposições (ou saltar para conclusões).

Deixa a tua malta e os teus empregados aprenderes a cometer erros por eles próprios. Eles não são nenhuns bébés. Desde pequeno sempre pensei que errar é mau. Eventualmente cheguei à conclusão que desde que aprendamos com os nossos erros, temos a oportunidade de tornar o nosso projeto ou a nossa empresa melhor. Em vez de pensar nos erros como problemas, comecei a pensar neles como oportunidades para aprender com eles.

Há tanta empresa por aí fora ondes os donos partem do princípio que os empregados têm pouco interesse em fazer um bom trabalho. Isto eventualmente torna-se numa situação que acaba por se dar. Estas são o tipo de empresas onde tu não te sentes valorizado enquanto cliente.

Por outro lado, se esperas que os teus empregados tenham um bom desempenho, e os informas nesse sentido, então as probabilidades estão do teu lado de que isso se concretize. O comportamento dos teus empregados vem das expetativas que tu lhes colocas e da maneira como as comunicas. É importante encorajar os empregados a tomar responsabilidade e não apenas apontar a culpa para um lado ou para o outro. Quando os erros não são permitidos, apontar culpas costuma ser uma das atividades favoritas da malta. Às vezes pode levar anos para mudar esta cultura empresarial.

Uma vez um gestor regional duma empresa de enlatados passou por uma linha de produção e notou que uma das latas de comida estava abaixo dos padrões de qualidade. Ele perguntou à pessoa que estava na linha de produção se iria gostar comer aquilo que ela acabou de fazer. Ela disse que não, e ele perguntou-lhe porque é que então ela tinha feito isso daquela maneira. Ela não respondeu, talvez a pensar que os colegas, a fábrica, o gestor ou qualquer outra pessoa é que tinha a culpa e não ela. O gestor perguntou-lhe mais três vezes porque é que ela fez o que fez, e ela, que até então tinha a cabeça baixa, levanta-a, olha para o gestor de frente, com coragem, e diz-lhe que ela é que foi responsável por isto.

Esta trabalhadora deixou de ser uma vítima e percebeu que ela é que está em controlo sobre o que acontece com ela no local de trabalho. Ela compreendeu que ela é que é a especialista naquilo que ela faz, e tornou-se numa pessoa diferente. Mais tarde esta pessoa tornou-se numa gestora da mesma fábrica.

Há pessoas que preferem dizer ao invés de perguntar. São hábitos que têm de mudar. Temos de aprender a confiar nos nossos empregados e deixar que eles aprendam com os erros deles, para que possamos de facto confiar na nossa equipa e mudar as coisas para o positivo.

Tudo isto é uma coisa que leva tempo, como é o caso de mudanças na cultura organizacional da empresa. Mas um dia és capaz de entrar no local de trabalho e notar que as coisas estão diferentes. As vantagens poderão ser várias, desde reduzir o tempo de formação e treino duma equipa de vendas, como aumentar o nível de retenção de encomendas feitas e muitos outros.

O que é que acontece quando alguém comete erros na tua empresa?

Fala em Público para dar ao teu negócio uma vantagem competitiva

homem espreita criança

Competências em comunicação, especialmente competência em falar em público, são essenciais para o sucesso duma empresa. Muitas empresas, empreendedores, gestores e líderes começam o ano cheio de esperanças e carregados com otimismo. Têm objetivos a conquistar e novas estratégias de marketing a refinar.

Falar em público é a tua arma secreta

A arma secreta que qualquer pessoa, especialmente um líder e empreendedor pode usar para atingir os seus objetivos é melhorar as suas competências de falar em público. Ter a capacidade de poder comunicar facilmente é importante para conquistar pessoas e novos clientes para o nosso lado. Um Presidente Executivo que esteja a negociar com outra empresa, ele ou ela tem de ter boas capacidades de comunicação; um Gestor tem de saber e poder dar formação ou uma palestra às pessoas que dependem dele, e um Diretor Comercial tem de conseguir fazer entender ao cliente que percebe as necessidades deste.

Através da arte de falar bem, tu podes criar credibilidade, confiança e posicionares-te a ti e à tua empresa como um especialista reconhecido. Ao interagir com o nosso público em atividades de comunicação, temos a oportunidade de dar a nossa opinião e mostrar a nossa voz com o nosso mercado, de forma gratuita. Falar em público pode ser uma boa maneira de angariar Relações Públicas gratuitamente, ao mesmo tempo que é uma boa ferramenta de marketing.

Alguns especialistas dizem que dar um discurso informativo, não comercial, amornenta o seu mercado e angaria confiança. Supõe só por uns instantes as possibilidades que podem fluir de te posicionares a ti próprio ou à tua empresa como líderes de opinião no teu segmento de mercado.

Falar em público é uma arte. E como tal, antes de saíres disparado, deves te preparar e aprender convenientemente a falar em público, preferencialmente com um especialista. Podes igualmente juntar-te à Toastmasters se a tiveres na tua cidade. Toastmasters é uma organização internacional em que os seus membros falam em público e criticam-se à vez.

Segue estes passos

  1. Procura ajuda, um mentor, ou formação de um especialista em falar em público.
  2. Faz com que falar em público seja uma prioridade na tua estratégia de marketing.
  3. Procura oportunidades onde poderás falar para o teu mercado – fala por exemplo com associações de comércio ou pessoas que organizam conferências relacionadas com a tua atividade e faz uma marcação.

CONCLUSÃO

Falar em público ou diante de grupos pode parecer um pouco assustador, mas desenvolver competências nesta área podem melhorar bastante a tua situação profissional assim como a da tua empresa em 2013. Consegue ser igualmente um bom método de publicidade gratuita que poderás usar e abusar.