10 razões para usar Facebook Analytics

10 razões para usar Facebook Analytics

Chatbot phone

Atualizado: Outubro 2019


Apesar de usar o Google Analytics, tenho usado cada vez mais o Facebook Analytics para analisar métricas e otimizar anúncios.

Apesar do Facebook Analytics ser gratuito, há muitos marketers que ainda não o estão a usar – ou nem sabem usar. Mas não há que ter medo. Eis as 10 razões porque deve usar o Facebook Analytics.

1. É gratuito – não tem nada a perder

As empresas e marketeres têm as suas próprias ferramentas favoritas. Umas são gratuitas, outras pagas. Há muitos programas, muitas apps por aí.

A maioria delas até dá jeito, mas chega um ponto que começa a ser confuso, com tanta opção por onde escolher.

Antigamente o Facebook Analytics estava escondida na plataforma de developers do Facebook, mas agora está acessível a partir do seu Gestor de Negócios. Além disso, é uma ferramenta gratuita. Não há desculpas.

2. Setup fácil

É uma ferramenta gratuita, só que parece complicada quando a visita pela primeira vez. Mas é como andar de bicicleta, quando sabe, sabe.

O FB Analytics depende do píxel do Facebook para lhe mostrar todos, estes dados, portanto se já tem o píxel instalado no seu website, não tem de instalar mais nada.

Só tem de aceder à ferramenta no seu Gestor de negócios e começar a mexer nela. Se tiver conhecimentos avançados, pode adicionar mais eventos ao píxel com o Google Tag Manager para tirar partido de algumas opções avançadas como os Funis, Grupos, Retenção e Valor em toda a duração (valor do tempo de vida do cliente).

3. A informação já lá está

Se o píxel do Facebook já está instalado no seu site (com eventos padrão, de preferência), você já tem toda a informação necessária.

Uma das coisas mais chatas ao instalar uma plataforma de analítics é ter de esperar que os dados sejam recolhidos e comecem a aparecer.

Mas se já tiver o píxel, já lá está todos os dados que necessita, e eles aparecem no painel de controlo do FB Analytics a partir da data em que instalou o píxel no seu site.

4. Métricas com base em utilizadores

Esta ferramenta do Facebook mostra métricas sobre os utilizadores, não está dependente de sessões (visitas).

Além disso, pode acompanhar os utilizadores em vários dispositivos, seja PC, telemóveis ou tablets, que usamos para iniciar sessão no Facebook, Instagram, Messenger e WhatsApp.

Não há nenhuma outra plataforma de analítica que tem acesso a tantas formas diferentes de obter dados sobre os utilizadores.

5. Dados demográficos fiáveis

Se já usou os Facebook Insights (Estatísticas do público), sabe o poder dos dados demográficos, que é um dos segredos para encontrar as pessoas certas para o seu produto ou serviço.

Idade, sexo, cidade, cargo, estado civil, e outros tipos de informação (como as páginas que gostam) está tudo acessível aqui.

Se quer saber mais sobre os seus clientes e fãs, comece a usar o Facebook Analytics.

6. Anúncios Facebook mais fáceis

Uma vantagem do FB Analytics é que o tráfego do seu site e landing paes corresponde mesmo com as estatísticas que obtém dos seus anúncios Facebook.

Não é como no Google Analytics, em que existe uma diferença naquilo que o Facebook diz, e naquilo que o Google Analytics diz. Não existe aquele buraco negro do “Direct Traffic”.

Há muita coisa para analisar, mas uma daquelas que gosto mais de usar são os funis, para saber, por exemplo, o tempo que levou a atribuição do primeiro clique a gerar uma venda num certo período de dias.

7. Também funciona com a sua Página

Isto não funciona apenas com o seu site (requer píxel), também pode analisar apps e Páginas.

Qual é o valor da sua página Facebook? Isto é algo que todos gostavam de saber, para poder quantificar os esforços que tem investido na sua página ao longo dos anos.

Mas é esta a primeira que você pode ver, verdadeiramente, como é que a sua Página se enquadra no resto do seu marketing.

8. Mobile apps e login

As pessoas acedem ao Facebook usando os seus dispositivos móveis, e se comercializar apps, pode usar o FB Analytics para ter mais informação sobre como a sua app é usada.

Acompanhar eventos da sua app, tais como instalações da app, início de sessão, e combinar isso com dados sobre a sua página Facebook e anúncios vai-lhe dar uma perspetiva bem abrangente sobre os utilizadores e a forma como usam a sua app, website, e página.

9. Muita informação, mas fácil de aceder

Já alguma vez se sentiu confuso(a) ou paralisado(a) com tanta informação? O Facebook reconhece isso e está aqui para ajudar.

Os relatórios e separadores disponíveis no FB Analytics mostram-lhe muita informação, mas de forma condensada e que seja fácil de visualizar (usando gráficos de barras e linhas).

É nesta ferramenta do Facebook que pode saber que a retenção dos seus utilizadores no site (ou página) é maior em pessoas dos 25-34 anos, por exemplo.

10. Personalizado à medida

É fácil criar painéis de controlo e segmentos para ver as métricas que mais lhe interessam.

Pode ver métricas por tipos de evento (ex.: lead, compra, etc.) e parâmetros de evento (ex.: browser, fonte de tráfego) para refinar ainda mais os seus resultados.

O Facebook Analytics permite-lhe assim personalizar a ferramenta à sua medida para poder ver as métricas e dados que mais lhe interessam.

Há alguma desvantagem

Não necessariamente.

Não dá para atribuir uma identificação específica a utilizadores, porque o Facebook leva a sério a privacidade das pessoas ao proteger a identidade do utilizador (entre outras coisas, não poderá saber qual o IP da pessoa, nem nome, etc.).

No entanto, as vantagens largamente ultrapassam este pequeno detalhe, e talvez estas 10 razões o(a) levem a começar a usar mais o Facebook Analytics do que outras plataformas de analítica.


Ao teu sucesso,
assinatura-joao-78x50-nenhuma
João Alexandre
Estratega Digital

Marketing Digital sem espinhas

Deixe um comentário