7 Perguntas para fazer a ti próprio para fechares o ano em grande

Chatbots

Atualizado: Dezembro 2019


7 perguntas para fechares o ano em grande

E para começares o próximo ainda mais forte

O tempo é a nossa comodidade mais preciosa, e uma das coisas mais desafiantes que temos que gerir, tendo em conta o mundo de hoje em dia e a frenética dos nossos afazeres.

ampulheta de tempo com símbolo euro

É importante que saibamos lidar com o tempo para que o tempo saiba lidar connosco. Não parece às vezes que o “tempo passou a correr”?

Num artigo da Pscychology Today, a perceção do tempo é explicada assim:

A melhor explicação para este fenómeno é que a nossa juventude está repleto de primeiros acontecimentos que ocorreram pela primeira vez – o primeiro namoro, o nascimento do bébé, a primeira grande viagem, etc. Estas primeiras ocasiões são novidade, e nós estamos mais propensos a associar memórias mais profundas e detalhadas delas. Quando repetimos a ocasião, ano após ano, é menos provável que ela se torne um acontecimento único ou memorável.

mealheiro de barro de porco por cima de relógio

A perceção de tempo pode enganar, mas também pode ser altamente recompensadora. Podemos abrandar o ritmo ao qual o tempo passa ao tirar partido de experiências únicas, viver mais no presente, ter uma perspetiva otimista e usar o tempo de forma mais sensata.

Enquanto fechamos o ano e começamos outro, fazer um apanhado do que fizemos permite-nos saber o que fizemos e para onde vamos. Nem tudo funcionou da maneira que quisemos, e outras funcionaram melhor do que planeadas.

Pergunta-te a ti próprio estas 7 questões enquanto fechaste o ano de 2012 e começas agora o de 2013.

1. Estou no bom caminho?

Se não estás a fazer aquilo que gostas (ou que pelo menos suportas), é difícil manteres-te motivado, consistente e congruente contigo próprio. Encontra as tuas paixões e tenta encontrar uma forma de as conseguires integrar na tua vida de forma produtiva. Vai sempre haver tempo para fazeres coisas que não gostas, não te preocupes com isso.

2. Quão bem é que as coisas estão mesmo a funcionar?

Tu não comes iogurtes estragados pois não? Se tens muitos no frigorífico, vais vendo a data de validade e vais comendo (ou não) aqueles que te apetecem conforme estejam bons para consumo.

Verifica como é que as coisas estão a correr, tu, os teus projetos, as tuas coisas. Confia nos teus instintos e junta-lhe uma pitada de senso comum e inteligência.

3. Os meus relacionamentos são mutuamente benéficos?

Família é importante. Assim como amigos e colegas. Todos os nossos relacionamentos deste género costumam ser duradouros. Se não existe mutualidade e confiança nos teus relacionamentos, individuais ou profissionais, talvez seja altura de acabar com eles ou torná-los melhores.

4. Como posso melhorar a minha gestão de tempo e organização?

Estabelecer prioridades, organizar e criar blocos de tempo é a única maneira e controlar o que fazemos e porque o fazemos. Dá uma olhada nas minhas dicas de como ser mais produtivo em 2013 porque tenho lá algumas dicas em como usar bem o tempo.

5. Como melhorar a minha marca, o meu marketing, as minhas redes?

Dá uma olhada nos teus materiais de marketing ou gráficos e na tua mensagem, como é que estás a comercializar o teu negócio ou a ti próprio, e como é que estás a gerir as tuas interações cara a cara e as tuas atividades de marketing? Estás a tirar bom partido e a conhecer pessoas ao vivo e a interagir com elas online?

6. Do que é que eu estou orgulhoso neste momento?

Fazer um ano em análise não é só sobre aquilo que está errado ou requer melhoria, é também sobre as coisas que fizemos e concretizámos face aos desafios e obstáculos que tivemos.

7. Quais 5 coisas tens intenção de realizar em 2013?

Uma intenção é uma coisa dinâmica e fluída, é pensar no que queremos que aconteça nas nossas vidas. As típicas resoluções de Ano Novo são algo rígidas e frígidas para mim.

Faz uma lista realística de 5 intenções que tenhas e o que queres que aconteça em 2013. Prepara-te e faz com que elas aconteçam. Orienta os teus esforços na direção na qual queres que as coisas aconteçam. Elabora, planeia, prepara, aponta, e faz.

  • A mudança acontece
  • Anticipa a mudança
  • Supervisiona a mudança
  • Adapta-te para mudares rápidamente
  • Muda
  • Aproveita a mudança
  • Prepara-te para mudar rápidamente quantas vezes forem precisas

Que coisas podes fazer para acabar o ano em força e começar um novo ano ainda mais forte?


Ao teu sucesso,
assinatura-joao-78x50-nenhuma
João Alexandre
Estratega Digital

Marketing Digital sem espinhas

Deixe um comentário