LinkedIn: Contact Targeting e Website Retargeting

Antigamente o LinkedIn estava na “Idade da Pedra” no que toca aos anúncios na plataforma deles. Mas as coisas têm mudado bastante.

Há novas ferramentas e opções que o LinkedIn tem para segmentar e interagir com a sua audiência: Contact Retargeting e Website Retargeting.

LinkedIn tem estas duas opções:

🔘Contact Targeting (segmentação de contacto de e-mail)
🔘Website Retargeting (segmentação no website)

Estas opções estão disponíveis via as Matched Audiences.

🔥 Contact Targeting: como usar
Carregue a sua lista de emails para o gestor de campanhas para mostrar anúncios só para eles. O seu ficheiro deve estar em .csv com os campos bem formatados (nome, email). Qualquer CRM ou fornecedor de email marketing tem a opção de exportar a sua lista neste formato. Após carregar a sua lista, o LinkedIn faz a correspondência dos seus contactos que existam no LinkedIn (à semelhança do que acontece no Facebook).

Algumas dicas… 👀
🔹 Está a começar do zero, ou perto disso? Use os anúncios de Formulário de Geração de leads para captar leads (disponível para os locais de Sponsored InMail e Sponsored Content).
🔹 O seu ficheiro da lista de emails deve estar formatado de acordo com as especificações do LinkedIn. Para saber como o LinkedIn quer a formatação, faça download do template deles.
🔹 O LinkedIn recomenda uma lista de 10000 contactos, mas pode carregar uma que tenha um mínimo de 300 contactos.
🔹Segmente a sua lista (especialmente se for grande) em personas ou interesses de acordo com o seu produto, serviço, ou etapa do funil em que se encontram. Pode repartir em diferentes listas e carregá-las individualmente para ter tudo organizado
🔹 Também pode usar a informação do perfil destas pessoas para segmentar ainda mais, tais como função/cargo, para que os seus anúncios sejam mais relevantes e tenha mais conversões.

🔥 Website Retargeting: como usar
Isto é mostrar anúncios a pessoas que visitaram o seu website. Para isto funcionar tem de instalar o “píxel” do LinkedIn, a que ele chama Insight Tag. É isto que permite criar audiências das pessoas que visitam o seu website.

Algumas dicas… 👀

🔹 Segmente os visitantes com base nas ações que eles tomaram no seu website e na etapa do funil em que se encontram. Por exemplo, quem visita a sua página de “Sobre nós” está no topo do funil (está numa fase exploratória. Quem viu a sua página de orçamento provavelmente está a meio ou fundo do funil (numa fase de consideração). Isto é útil porque assim pode fazer anúncios de acordo com a “temperatura” da pessoa.
🔹 Também pode mostrar anúncios a quem viu determinado produto na sua página.
🔹 Pode fazer de outra maneira: não fazer segmentação nenhuma, e em vez disso, fazer retargeting para TODOS os visitantes do seu website, e depois definir essa audiência com base nos filtros do LinkedIn da informação de perfil (por ex.: cargo/função).

🔥 Conclusão
Ao fazer retargeting, está a atingir as pessoas certas e a ter um melhor ROI. O Contact Retargeting e o Website Retargeting ajudam a ter uma comunicação mais relevante com a sua audiência e a ter mais resultados.

Pode ler mais informação sobre estas opções na página do LinkedIn: https://business.linkedin.com/pt-br/marketing-solutions/ad-targeting/website-retargeting

Deixe um comentário