Facebook Dark Posts: como aumentar conversões

Facebook Dark Posts: como aumentar conversões

Utilizador pagina web

Atualizado: Outubro 2019


Imagine que não precisa de lançar novos públicos, novas ofertas, novo conteúdo ou anúncios para “espevitar” os seus resultados no Facebook. E se tudo o que precisasse de fazer fosse mudar simplesmente a maneira como cria e lança os seus anúncios»

Vou-lhe mostrar a maneira normal que os anunciantes fazem anúncios no Facebook, mas com um pequeno “twist”.

Bem-vindo aos Facebook Dark Posts.

Criar anúncios da forma tradicional

O Facebook tem vários formatos de anúncios que podemos fazer, desde o canvas, ao carrossel, vídeos, gostos da página, e muitos mais. Você cria determinado tipo de anúncio conforme o seu tipo de objetivo.

No que toca à criação do anúncio em si, a maioria dos anunciantes normalmente salta para a criação da campanha, e depois para o conjunto de anúncios para criar o anúncio.

Basta clicar em “Criar anúncio” e preencher os campos da URL, título, texto etc. É isto.

Criar anuncio no Gestor de anuncios

Ao usar este método, se quiser criar um novo anúncio em outro conjunto de anúncios, é só repetir a coisa. Vai ao separador dos anúncios e “Criar anúncio” de novo. Simples e fácil, e é por isso que a maioria dos anunciantes o usam.

No entanto, isto pode não ser a melhor maneira de lançar os seus anúncios.

O problema dos anúncios tradicionais

Embora criar anúncios desta forma seja simples, há aqui um problema: a falta de prova social. Uma das razões porque o Facebook tem tanto sucesso é o efeito viral e a prova social que o seu público lhe pode dar.

Quando clica em “Criar anúncio” e preenche o anúncio com texto, etc., está a criar um anúncio com um ID único (identificação).

ID dos posts
Repare ainda naqueles três posts/anúncios que são iguais, mas um deles teve mais alcance e interações. Apesar do conteúdo ser igual, o Facebook considera isto anúncios diferentes, por terem um ID diferente.

Quanto mais anúncios criar, mais IDs está a criar. O problema disto é quando você quer usar o mesmo anúncio em vários conjuntos de anúncios. Quando digo o mesmo anúncio, significa a mesma landing page, mesmo título, mesmo imagem do criativo, tudo igual.

Um anúncio pode ser relevante para vários públicos, e é por essa razão que pode querer usá-lo em vários conjuntos de anúncios.

No entanto, se precisasse de colocar o mesmo anúncio em 15 conjuntos de anúncios, ao fazer da forma tradicional, você iria estar a criar 10 posts com dez IDs diferentes.

Ao fazer isto, fica sem o benefício principal de estar a usar o Facebook: a prova social.

Todos os likes, comentários e partilhas que o seu post irá acumular serão distribuídos para 15 sítios diferentes, em vez de apenas 1, ficando mais difícil (e lento) criar a prova social que precisa para o seu anúncio ter sucesso.

Mesmo post ID

Há uma solução para isto, e chama-se “Dark Posting”.

Dark posting, que é isso?

Isto pode parecer algo saído do lado negro da Força do Star Wars, mas basicamente um dark post é uma publicação não publicada, que não aparece na sua página facebook.

Isto teve o nome inicial de dark posts, mas mudaram o nome para “publicação não publicada” devido a ser um nome que parecia maléfico. Mas muitos anunciantes ainda chamam a isto de dark posts.

Com um dark post, você está a criar um post (ou anúncio) com um ID único, que não está publicado na sua página nem no seu Gestor de Anúncios.

Ele é apenas encontrado nas suas Publicações de página, que pode aceder a partir do menu hambúrguer (as três linhas horizontais) no canto superior direito.

 width=

É aí que pode ver o ID de cada publicação sua, e criar o dark post, ou como agora se chama, publicação de página não publicada, e aí ficará até você decidir usar este post nos seus conjuntos de anúncios.

 width=

Com o dark posting, você pode escolher vários tipos de opções de anúncios dependendo da campanha e dos seus objetivos. Pode escolher entre:

  • Ligação
  • Carrossel
  • Foto
  • Vídeo
  • Estado

Antigamente dava para criar um dark post tal e qual como se fosse um anúncio, tínhamos vários campos para preencher. Agora estamos mais limitados nas opções. Por exemplo na imagem abaixo só temos os campos do URL, do texto da publicação e a escolha do apelo à ação.

 width=
Repare como não há título, texto da descrição nem o link de visualização.

E se você quiser um anúncio completo, mas que também quer um dark post? Quer usar apenas um único ID de anúncio. Será que há forma de fazer isto?

Sim, há outra maneira. Mas tecnicamente deixa de ser um dark post.

Como o Facebook mudou a forma como os dark posts podem ser criados, foi preciso encontrar outra maneira de promover o mesmo post ID para que consigamos acumular a prova social toda no mesmo sítio.

Isto pode ser feito ao simplesmente criar um anúncio como se normalmente faz no Gestor de Anúncios. Após criar o anúncio, vamos então ver o post ID associado a esse anúncio, copiamos e colamos nos conjuntos de anúncios que quisermos (explicarei isto mais abaixo).

 width=

Assim, a funcionalidade e resultados do dark posting ainda são os mesmos. A principal diferença é que a fonte original do anúncio está publicada no Gestor de Anúncio. Não aparece como não publicada nas Publicações de página como anteriormente.

Porque deve usar os “Dark Posts”

A grande vantagem é a prova social, porque esta ajuda as pessoas a tomarem decisões.

Ao ganhar prova social num post ID em vez de espalhar isso por vários anúncios, você está a aumentar o potencial viral desse post/anúncio. Quanto mais pessoas um potencial cliente ver a interagir com o seu anúncio, mais inclinados estarão eles para comprar.

Se tem um anúncio com 10 Gostos, 4 comentários e 1 partilha, isso pode ajudar uma pessoa a tomar uma decisão de compra. Mas e se pudesse ter esse mesmo post com +100 Gostos, +10 comentários e várias partilhas? Isso é prova social ao máximo, e a pessoa iria pensar que aquela empresa, produto ou serviço é um espetáculo.

Então como é que isto se faz?

Vamos criar o nosso anúncio no Gestor de Anúncios ou Power Editor. Vá para o separador de Anúncios, e clique em “Criar anúncio”.

Criar anuncio no Gestor de anuncios

Vai ser levado para o interface de criação de anúncio, tendo 2 opções: criar um novo anúncio ou usar publicação existente.

Vamos escolher criar um novo anúncio porque estamos a criar o nosso primeiro anúncio antes de o duplicar para vários conjuntos de anúncios.

 width=

Preencha o seu anúncio como normalmente faria, colocando a URL de destino, título, texto por cima da imagem, descrição da ligação da feed de notícias e o apelo à ação se aplicável.

Após criar o seu anúncio, guarde e publique-o.

Agora que tem um novo anúncio criado, vai duplicá-lo para vários conjuntos de anúncios sem ter de criar vários anúncios. Para isso, precisa de saber qual o post ID deste anúncio que você criou.

Pode fazer isto de duas maneiras. A primeira, e mais fácil, é clicar no menu hambúrguer no canto superior esquerdo e ir a “Publicações de página” nesse menu. Se não vir essa opção, selecione “Todas as ferramentas” e irá encontrá-lo no ecrã que abre.

Quando estiver em Publicações da página, o seu anúncio recentemente criado vai aparecer no topo da lista.

ID dos posts

À medida que for criando mais anúncios, estará a criar mais posts IDs. Quando estiver à procura dum post ID específico, pode não o encontrar logo. Ao criar mais anúncios, a forma mais comum de encontrar o ID específico não será mais no Publicações de página, mas sim no Gestor de Anúncios.

Para descobrir o post ID dum anúncio específico, volte às suas campanhas e vá para o separador de Anúncios. Quando tiver encontrado o anúncio que quer, clique em Editar.

 width=

Vai abrir uma janela onde poderá editar o seu anúncio. Nós não vamos editar o anúncio, vamos fazer outra coisa.

Encontre o botão com um ícone quadrado com uma seta pelo meio que pode ver na secção de pré-visualização do anúncio.

 width=

Após clicar no quadradinho, o próximo passo é selecionar a opção “Publicação do Facebook com comentários”.

 width=

Quando clicar no “Publicação do Facebook com comentários” vai ser levado para o Facebook onde irá ver o seu anúncio como uma publicação, com quaisquer gostos, comentários e partilhas que tenha.

Mas o mais importante nisto é olhar lá em cima no ecrã, para o URL da página. No final desse URL está uma série de números. Esse é o seu post ID.

 width=

Com esta dica, consegue encontrar o post ID de qualquer anúncio. Veja as instruções em vídeo.

Agora que tem o post ID, vai usar isto para promover este post em todos os conjuntos de anúncios que queira, para juntar a prova social toda no mesmo sítio.

Vá ao separador de Anúncios, e desta vez, em vez de “Criar anúncios”, selecione “Utilizar publicação existente”.

Utilizar publicação existente

Depois clique em Introduzir identificação da publicação e abre um campo onde pode colocar o ID da sua página. Clique enviar ou faça enter no teclado, e aparece o seu post na pré-visualização do lado direito.

Inserir post ID

Repita este passo para todos os anúncios dentro dos conjuntos de anúncios, de forma a que esteja a mostrar o mesmo anúncio e a reunir a prova social toda num único sítio.

Otimizar dark posts

Eis algumas coisas que sugiro que teste para os seus anúncios.

  • Testes A/B: escolha uma variável para testar. Deve ser apenas uma, para saber qual a que ganhou. Por exemplo, testar um título diferente ou uma imagem diferente e o resto ficar igual.
  • Otimização Facebook: para ajudar o algoritmo a otimizar o seu anúncio, escolha a métrica em que tem interesse. Isto pode ser uma Compra, Lead, etc. Ou se apenas quiser tráfego (cliques) para o seu conteúdo, pode otimizar para cliques na ligação ou visualização da página de destino.
  • Todos os testes como dark posts: para testar mais depressa, faça com que os seus testes sejam todos dark posts e depois lance-os em vários conjuntos de anúncios. Assim vai saber mais depressa o que funciona daquilo que não funciona.

Desvantagens dos dark posts?

A maior queixa sobre os dark posts é que não dá para editá-los. Se já promoveu uma publicação existente num conjunto de anúncios, não pode editar o título nem o link.

Se houver um erro gramatical, teria de criar um novo post e promover esse post de novo em todos os conjuntos de anúncios que quisesse.

Pode editar o post original que criou, mas editar um anúncio cria um novo post ID (o Facebook considera um novo anúncio quando editamos), portanto perde toda a sua prova social.

Conclusão dos dark posts

Como a prova social é uma componente importante para ter sucesso na publicidade do Facebook, implementar dark posts vai ajudar nos seus resultados, porque concentra todos os gostos, comentários e partilhas no mesmo sítio.

Já alguma vez experimentou estes dark posts? Achou confuso ou está a fazê-los assiduamente? Escreva nos comentários.


Ao teu sucesso,
assinatura-joao-78x50-nenhuma
João Alexandre
Estratega Digital

Marketing Digital sem espinhas

Deixe um comentário