Hacks para Públicos Personalizados

Hacks para Públicos Personalizados

Apoiar nas estatísticas

Atualizado: Outubro 2019


O Facebook dá aos anunciantes uma funcionalidade espetacular: Públicos Personalizados.

Se usados corretamente, podem dar um ROI bem bom nas tuas campanhas. Se usado à toa, vais queimar dinheiro e a ficar a pensar que os anúncios Facebook não funcionam.

Isto começa em perceber a nossa audiência e enviar a comunicação certa às pessoas certas. Neste artigo, vamos ver algumas táticas avançadas que uso nos públicos.

Estes hacks pouco conhecidos podem drasticamente aumentar a qualidade do teu re-targeting e públicos semelhantes feitos a partir deles.

Segmentação é provavelmente um dos aspetos mais importantes a ter em conta no Facebook marketing. Criar públicos personalizados antes de lançar uma campanha poupa tempo e dinheiro.

Algumas formas como os Públicos Personalizados podem ser refinados:

  • URL: segmentar para utilizadores que visitaram URL específica, ou uma que contém certos atributos
  • Frequência: filtrar utilizadores pelo n.º de vezes que visitaram um URL específico
  • Dispositivo: permite filtrar por iOS, Android e Desktop

Exemplo de público personalizado…

Um público personalizado de todos aqueles que “Visitaram o website dum dispositivo iOS nos últimos 30 dias”, e depois refinar por “Visualizou > 5 páginas”.

Qual o propósito disto? “Não posso simplesmente fazer um Público semelhante de todas visualizações de página, e depois escolher segmentar para iOS?”

Sim, correto. Mas o público fonte a partir do qual este Semelhante está a ser criado, terá todos os teus visitantes, incluindo as pessoas que visualizaram apenas uma página.

Se o iOS tem bom desempenho para ti, criar um público personalizado de apenas utilizadores iOS permite ao Facebook criar um Público Semelhante mais otimizado.

Também podemos fazer isto apenas para utilizadores Desktop que compraram pelo menos 4 vezes nos últimos 60 dias. Ou apenas utilizadores Android que visualizaram 8 páginas nos últimos 30 dias, etc.

Outra funcionalidade muito boa é a possibilidade de excluir pessoas dos teus públicos.

Suponhamos que estamos com uma campanha a correr dum produto; esta funcionalidade permite filtrar aqueles que compraram recentemente o tal produto.

São várias as possibilidades, o céu é o limite. A capacidade de personalizar e refinar os públicos desta forma é mesmo espetacular.

Se não estás a fazer isto, o que estás à espera? Os públicos personalizados normalmente baixam o custo dos Lookalikes por 10-20% se o público fonte for de qualidade.

Vai ao Gestor de Anúncios e começa a bombar.


Ao teu sucesso,
assinatura-joao-78x50-nenhuma
João Alexandre
Estratega Digital

Marketing Digital sem espinhas

Deixe um comentário