Perceber o Píxel do Facebook

Perceber o Píxel do Facebook

Estatísticas

Atualizado: Outubro 2019


É impressionante a quantidade de anunciantes que ainda não estão a usar o píxel do Facebook. Isto é uma das ferramentas mais importantes para os seus anúncios Facebook.

E porquê?

Sem o píxel do Facebook você anda à deriva.

Código do píxel

É esse bocado de código que lhe abre as portas para poder fazer segmentações espetaculares dos seus públicos. Sem o píxel, vai ter bastantes dificuldades em conseguir rastrear as suas vendas e ações que as pessoas tomam no seu site.

Este pequeno guia está dividido em 3 partes, onde iremos saber como usar o píxel do Facebook para levar as suas campanhas ao próximo nível.

Nota: eis como instalar o píxel no seu site.

Eis o que vamos dar neste guia em três partes:

  1. Públicos personalizados (parte 1)
  2. Eventos padrão (parte 2)
  3. Conversões personalizadas (parte 2)
  4. Acompanhamento de conversões (parte 3)
  5. Otimização de conversões (parte 3)

Então vamos lá, e vamos começar por um dos públicos personalizados mais fáceis de criar, que são os públicos personalizados de “Tráfego no site”.

Vamos começar pela parte 1.


1. Públicos personalizados

Este é um dos públicos mais importantes e mais fáceis de criar com o píxel do Facebook.

Ilustração isométrica vetores

A informação que ganhamos ao instalar o píxel no seu site é preciosíssima, porque pode mudar o seu negócio para melhor.

Quando implementado corretamente, vai obter dados dos seus visitantes que lhe vão ajudar a tomar decisões informadas no futuro.

Após o píxel estar instalado e você começar a receber tráfego (visitas) no seu site, poderá saber quantas pessoas estão a ver o seu site, quantas vezes visualizaram uma certa página, quando a viram, e mesmo quanto tempo passaram no seu site.

 width=

O melhor disto tudo é que esse conjunto de pessoas pode ficar até 180 dias no público que você criou, para que lhes possa fazer campanhas de retargeting.

É por isto que o píxel do Facebook é tão importante. Com o píxel instalado no seu site, pode criar vários tipos de públicos personalizados, não apenas este de tráfego no site.

Alguns exemplos de públicos personalizados de tráfego no site que pode criar:

  • Todas as pessoas que visitaram o seu site nos últimos 180 dias (ou 30 dias, 60 dias, 90 dias, etc.).
  • Pessoas que visualizaram uma página específica (ex: blog, contactos, página dum produto ou serviço, etc.).
  • Pessoas que estão no top 5%, 10% ou 25% dos visitantes que mais tempo passam no seu site.

Vamos ver um exemplo de criar um público personalizado de pessoas que visitaram o seu site nos últimos 180 dias.

A partir do seu Gestor de Anúncios ou Gestor de Negócios, vá a Públicos > Criar Público > Público personalizado.

Tipos de público no Facebook

Uma nova janela irá abrir. Selecione Tráfego no site.

Público tráfego no site

Estas são as opções que aparecem por defeito. Escreva 180 no campo dos dias, e dê um nome ao seu público que faça sentido, para que daqui a 6 meses se voltar atrás percebe que tipo de público isto é.

Público tráfego no site

Clique em Criar Público e ele depois irá aparecer na secção dos Públicos. Poderá não ficar imediatamente disponível porque o Facebook está a preencher esse público, mas numa questão de minutos ou horas ele estará pronto para ser usado.

E como é que usamos este público? Simples. Para fazer retargeting, ou seja, para mostrar anúncios às pessoas que visitaram o seu site.

Veja este guia completo dos públicos personalizados para saber mais.

Dica ninja: use as Estatísticas do Público (Audience Insights) para ver os dados demográficos (sexo, idade) as pessoas que visitam o seu site. Pode analisar informação sobre demografia, local, atividade, etc.

Para isso, aceda às Estatísticas do Público. Irá aparecer este ecrã.

Estatisticas do publico

Selecione “Um Público personalizado”, clique no campo de público personalizado e selecione o seu.

Estatisticas do publico

Logo abaixo, selecione Localização para Portugal, país ou outra região que faça sentido para si.

Local Portugal

Por defeito, o local está como Estados Unidos da América, e se não mudar para o país ou região que quer analisar, não lhe iriam aparecer dados.

Sumário da parte 1
Vimos o que é o píxel do Facebook, porque é que ele é importante, e como criar um Público personalizado de Tráfego no site. Também percebemos como usar novos públicos para descobrir informação valiosa dos visitantes do seu site com a ferramenta de Estatísticas do Público.

Agora que sabe o que é o píxel e o público personalizado de site, vamos perceber o que são Eventos Padrão e Conversões Personalizados para ir mais a fundo na informação que pode obter das pessoas.


Vamos então à parte 2.

2. Eventos padrão e conversões personalizadas

Eventos padrão e conversões personalizados permitem-nos acompanhar de forma mais específica os visitantes no seu site.

Ao usar um ou o outro está a dar informação ao Facebook das ações que as pessoas estão a fazer no seu site (ex.: ver uma página, comprar alguma coisa, preencher formulário).

Primeiro, vamos ver o que são Eventos Padrão.


Eventos Padrão
Um evento padrão é um bocadinho de código que você acrescenta ao código base do píxel.

Evento padrão no código base do pixel do facebook

Um potencial problema com os Eventos Padrão é que é necessário colocar manualmente o código deles no píxel para que o Facebook consiga categorizar essa atividade após o píxel disparar. Isto pode ser um pouco intimidador para pessoas que não se ajeitam com HTML ou código.

Existem 9 eventos padrão que pode escolher. Cada um deles acompanha uma ação específica que uma pessoa possa efetuar no seu site. Os mais usados normalmente são Lead, Compra e Adicionar ao Carrinho.

  • Ver conteúdos (ViewContent)
  • Pesquisar (Search)
  • Adição ao carrinho (AddToCart)
  • Adição à lista de desejos (AddToWishlist)
  • Início de pagamento (InitiateCheckout)
  • Adição de informações de pagamento (AddPaumentInfo)
  • Realização de uma compra (Purchase)
  • Lead (Lead)
  • Conclusão de um registo (CompleteRegistration)

Eventos padrao Facebook

Parece complicado, mas até é fácil.

Por exemplo, se você tiver uma landing page e quiser saber informação das pessoas que se convertem no seu formulário, você escolheria o evento padrão de Lead.

Bastava colocar este bocadinho de código (fbq('track', 'Lead'); no meio do píxel do Facebook. Veja como ficaria:

Evento padrão no código base do pixel do facebook

Eis alguns recursos para instalar e verificar o Píxel no seu site:

Os eventos padrão podem parecer difíceis de perceber e instalar. Mas não se preocupe, porque o Facebook deu-nos uma alternativa.

E essa alternativa são as Conversões Personalizadas.


Conversões Personalizadas
Uma Conversão Personalizada funciona à base duma URL, ou seja, não é necessário instalar os excertos de código como é o caso dos Eventos Padrão. Mas atenção que tem de ter o píxel instalado à mesma.

Píxel e conversão personalizada

As conversões personalizadas são semelhantes aos Públicos personalizados de Tráfego no site, na medida em que não temos de instalar código adicional ao píxel, apenas selecionar parâmetros para aquilo funcionar (funciona à base de URL).

Há várias opções que pode escolher ao criar as conversões personalizadas.

Pode adicionar várias regras, em que cada regra é uma URL (endereço web) que você coloca para acompanhar essa conversão. Pode escolher URL contém, não contém, ou é igual a.

Conversão personalizada trafego

Após selecionar a sua regra, dê-lhe um nome e escolha a categoria que está mais alinhada com a conversão que você quer acompanhar. No meu caso, quero saber quantas compras estou a ter do meu curso online.

Selecionar categoria

Opcionalmente, pode atribuir um valor para esta conversão. No meu caso coloquei 297 porque é o valor do meu curso online. Não coloque a moeda (€), apenas o valor.

Atribuir valor

Sumário da parte 2
Neste segunda secção, vimos o que são os Eventos Padrão e as Conversões Personalizadas.

Os eventos padrão são excertos de código que são adicionados ao código base do píxel, enquanto as conversões personalizadas funcionam à base duma URL.

Na parte 3 vamos falar sobre acompanhamento de conversões e otimização de conversões. Então vamos lá.


3. Acompanhar e otimizar conversões

Agora que sabe o que são e como criar eventos padrão e conversões personalizadas, está na altura de começar a acompanhar e otimizar as suas campanhas.


Acompanhamento de conversões
A visibilidade ganha em ter acompanhamento das suas conversões dá-nos bons insights nas campanhas para que consigamos segmentar para as pessoas certas, com a oferta certa, na altura certa.

Quando tiver os seus eventos padrão e conversões personalizadas criadas, só tem de dizer ao Facebook qual o evento para o qual quer otimizar a sua campanha.

Conversao a acompanhar

Alguns destes eventos poderão não aparecer automaticamente nos relatórios (estatísticas) do Gestor de Anúncios.

Para isso precisa de personalizar as suas colunas, selecionando os eventos ou conversões personalizadas que quer ver nos relatórios.

Então vá ao seu Gestor de Anúncios, clique em Colunas > Personalizar colunas…

Personalizar colunas

Na janela que abrir, selecione todos os eventos ou conversões personalizadas que quiser ver nos relatórios. Na imagem selecionei apenas Compras no site, mas você selecionar aqueles que quiser.

Personalizar colunas selecionar evento

Clique em Aplicar, e irá ver nos relatórios cada evento ou conversão que selecionou para essa campanha.

Por exemplo, suponha que está a otimizar uma campanha para compras. Embora a métrica de Compras seja a estatística mais importante para esta campanha, também é útil saber quem se registou para a sua newsletter ou alguém que tenha visualizado um artigo seu. Não se acanhe em selecionar mais métricas para analisar.

Ao criar o seu anúncio (na vista de Anúncio), verifique que o Acompanhamento de conversões está ativo com o seu píxel. Por defeito, já está ativo, mas verifique de qualquer forma.

Acompanhamento de conversoes ativa


Otimização de conversões
Ao fazer uma campanha de conversões, você precisa destes eventos e conversões personalizadas em vigor.

Sem eles, você não vai conseguir otimizar as suas campanhas para nenhum tipo de ação (ex.: registo, venda, lead), e ficará preso(a) apenas aos eventos básicos que o Facebook proporciona, como tráfego no site, visualizações e vídeo e interação na página/post para acompanhar o que está a ocorrer durante a campanha.

Não ter esta informação é um grande erro. É como andar à deriva num barco, sem rumo certo.

Barco de papel

A grande vantagem dos eventos e das conversões personalizadas, é que o Facebook pode usar esta informação para mostrar os seus anúncios ao tipo de pessoas mais prováveis de interagir com os seus anúncios ou tomar alguma ação.

Além disso, deve otimizar as suas campanhas para que as pessoas que estão a ver os seus anúncios, os achem relevantes, e que tomem algum tipo de ação, seja no Facebook (Gosto, Comentário, etc.) ou no seu site (registo, compra, visualização de página, etc.).

Sumário da parte 3
Demos uma visão geral do que é o acompanhamento de conversões e a otimização de conversões.

Acompanhamento e otimização de conversões é dizermos ao Facebook o tipo de evento para o qual queremos otimizar a nossa campanha. Por exemplo, se selecionarmos Compras, o Facebook vai mostrar os nossos anúncios a pessoas com maior tendência para comprar.

O que queremos é otimizar a campanha para um determinado tipo de ação. Esta ação tem como base os eventos padrão que instalou no seu site (junto ao código do píxel) ou as conversões personalizadas que criou à base de URL.


Conclusão

Se não tem o píxel do Facebook instalado, está a “deixar dinheiro na mesa.” Eis como instalar o píxel no seu site.

Sem o píxel, vai ser bem difícil conseguir otimizar as suas campanhas para um determinado tipo de ação. E pior, não vai saber as ações que as pessoas tomam após interagirem com o seu anúncio.

Por isso releia este artigo para começar pelo princípio e perceber a importância de ter o píxel no seu site, e o que pode fazer com ele. É realmente uma maravilha, este bocadinho de código.

Você já tem o píxel instalado? Usa eventos padrão e conversões personalizadas?


Ao teu sucesso,
assinatura-joao-78x50-nenhuma
João Alexandre
Estratega Digital

Marketing Digital sem espinhas

Deixe um comentário