Podes confiar “naquelas pessoas”?

Instalar app em tablet

Atualizado: Outubro 2019


Passas mais tempo a pensar se podes confiar nas pessoas, ou se não podes confiar nas pessoas?

Quando estás numa fase de planeamento a larga escala ou a desenvolver um plano de branding ou uma estratégia de comunicação, já deste por ti a preocupares-te com o factor humano? Quanto tempo passar a ralares-te com as pessoas nas quais não podes confiar? Preocupas-te com aquilo que poderá correr mal se alguém fizer ou disser alguma coisa em teu detrimento relativamente à informação que tornaste disponível? Ficas stressado(a) com o que irá acontecer se essas pessoas tiverem acesso a essa informação mais cedo do que deviam?

“Aquelas pessoas” que:

  • não percebem a visão geral da coisa
  • podem causar distúrbios
  • podem reagir de forma negativa
  • ver tudo de forma negativa
  • tentar manipular o sistema

Se estás preocupado com as pessoas nas quais (pensas) que não podes confiar, então vais estar tentado a começar a falar em ambiguidades. Provavelmente até podes prevenir algum mau comportamento nalgumas pessoas, mas é mais provavel ainda que afastes o resto da equipa. As “boas pessoas” vão perceber que não estás a dizer toda a verdade. Elas podem até questionar os teus motivos. Essa malta pode acabar assim por se tornar “naquelas pessoas”.

E então as pessoas em que confias?

E se em vez disso criasses a tua estratégia à volta da maioria das “boas pessoas”, aqueles em que podes confiar?

Aqueles que:

  • interessam-se em fazer um bom trabalho/li>
  • percebem a estratégia quando a explicas
  • compreendem que as empresas têm de gerar lucro
  • têm uma participação ativa na comunidade
  • tentam dar o melhor deles

E se partíssemos do princípio que a maioria das pessoas onde trabalhas, na tua entidade, são empenhadas e interessadas em fazer um bom trabalho? E se nós comunicássemos com as pessoas da forma que elas gostariam de ouvir? Sim, vai haver sempre alguém mais difícil, mas com quanto mais respeito tratarmos os outros, mais provavel é que a equipa trabalhe no sentido de desaprovar qualquer outro membro da equipa que se comporte de forma inadequada.

Trata as pessoas com respeito e vais ver como as coisas vão acontecer, até vai parecer magia.


Ao teu sucesso,
assinatura-joao-78x50-nenhuma
João Alexandre
Estratega Digital

Marketing Digital sem espinhas

Deixe um comentário