3 perguntas que deve saber antes de contratar um consultor anúncios Facebook

3 perguntas que deve saber antes de contratar um consultor anúncios Facebook

Apoiar nas estatísticas

Atualizado: Outubro 2019


Nem todos os empreendedores ou empresas deviam de fazer os seus próprios anúncios.

Devem saber o mínimo, sim, mas tentar aprender todas as nuances dos anúncios Facebook pode não ser um uso produtivo do tempo de uma pessoa.

Se tiver meios para isso, porquê não contratar alguém para tornar a sua vida (e negócio) mais fácil?

Se quer contratar alguém para gerir os anúncios por si, é perfeitamente compreensível.

Mas tenha atenção que isto pode ser uma decisão complicada, porque tem de pagar ao prestador de serviço e também pagar pelos anúncios.

É por isso que lhe vou ensinar como contratar um consultor de anúncios Facebook – para que não tenha de perder tempo, dinheiro nem sanidade mental.

A primeira coisa a fazer é colocar a si mesmo(a) 3 perguntas ANTES de começar a falar com as pessoas (o especialista que quer contratar). Veja este vídeo super rápido (ou leia a transcrição) para saber mais. Qualquer dúvida, escreva nos comentários.

Subscreva-se no canal YouTube:
Botão subscrição canal YouTube

Como contratar um consultor anúncios Facebook

Proteja o seu negócio dos consultores “faz de conta” ao saber como encontrar o verdadeiro talento num mar de mediocridade. Clique aqui para saber como

Transcrição

As 3 perguntas deve saber antes de contratar um consultor de anúncios Facebook

Olá, o meu nome é João Alexandre, e se ainda não me conhece, sou consultor e especialista em anúncios Facebook e também ensino às pessoas a fazerem os seus anúncios e a terem resultados com o seu marketing.

Neste vídeo nós vamos saber se vale a pena, ou não, fazer os anúncios por si próprio(a), ou se vale a pena contratar alguém para o(a) ajudar com os seus anúncios.

É assim, uma parte significativa da minha faturação vem de algum tipo de conteúdo pago que eu tenho, algum curso online, algum ebook, alguma workshop premium, alguma masterclass, alguma coisa assim do género.

Eu quero que você saiba fazer anúncios Facebook por si próprio(a). No entanto, também percebo que nem todas as pessoas têm tempo ou paciência para aprender a fazer anúncios por elas próprias.

E se assim for o caso, precisam de ajuda, precisam de encontrar a pessoa certa. Porque se encontrarem a pessoa errada, vão estar a perder mais tempo, mais dinheiro, e sanidade mental, do que se estivessem a fazer os anúncios Facebook por elas próprias.

Então, neste vídeo, vou-lhe lançar a si 3 perguntas que deve colocar a si próprio(a) antes de contratar um consultor de anúncios Facebook.

E as respostas que obtiver vão-lhe ajudar a determinar se vale a pena fazer os anúncios por si mesmo(a), ou se vale a pena pedir ajuda a alguém. Então vamos lá.

A primeira pergunta é: você já tem clientes? As pessoas já estão a comprar de si? A sua empresa, o seu negócio já tem alguma embalagem?

Porque se a resposta for não, então os anúncios Facebook não vão remediar nada disso. Você tem de trabalhar primeiro nos alicerces do seu marketing. Tem de captar pessoas no seu site, de visitantes em leads, e leads eventualmente em clientes.

Se você não está a ter clientes de forma orgânica, de forma natural, então os anúncios Facebook não vão ser a resposta mágica para os seus sonhos.

Se no entanto já tiver alguns clientes, mesmo que sejam poucos, pedir ajuda a alguém poderá ser uma boa ideia para que ele(a) consiga meter o seu produto ou serviço à frente das pessoas certas, testar os seus anúncios, perceber qual o desempenho deles, e assim conseguir eventualmente mais clientes e mais vendas e mais resultados no seu negócio, na sua atividade, na sua empresa.

Segunda pergunta é, você já fez anúncios Facebook?

Já promoveu um post (publicação), ou fez alguns anúncios no Gestor de Anúncios, e esses anúncios não tiveram grandes resultados, ou pior, não tiveram resultados de todo, então, contratar um consultor de anúncios Facebook poderá não ser a melhor escolha para si, porque está a tentar remediar as coisas.

O problema pode não ser nos anúncios, o problema pode ser no seu produto, ou no seu serviço, ou o seu produto ou serviço pode ser bom, mas não está a ser apresentado/mostrado às pessoas certas.

Porque é assim, é importante nós termos bons anúncios, e obtermos cliques, mas também é importante o sítio para onde nós levamos as pessoas, e qual é o produto/serviço, se ele é bom ou não é.

E mesmo que seja bom, se ele está a ser apresentado e mostrado às pessoas certas. Se os seus anúncios, e aquilo que você fez no Facebook não lhe deu grandes resultados, então, contratar uma pessoa para o(a) ajudar não vai ser uma boa escolha, porque está a tentar remediar as coisas.

Mas se por acaso até fez algumas promoções de posts, ou promoveu algumas publicações, ou fez alguns anúncios, e conseguiu alguns resultados, então, contratar um consultor de anúncios poderá ajudá-lo(a) a conseguir ter o seu produto ou serviço a chegar a mais pessoas, e a chegar às pessoas certas, que é o mais importante de tudo, e aí assim pode ser uma boa escolha pedir ajuda a alguém.

A terceira pergunta é: você pode dar-se ao luxo de pagar a alguém para gerir os seus anúncios Facebook, e também pagar pelos anúncios em si sem ver um retorno imediato ao seu investimento?

Se você está à espera de largar centenas de euros no Facebook porque você tem contas para pagar e você quer algum tipo de solução mágica, então tire o cavalinho da chuva, que não são assim que as coisas acontecem.

Um bom consultor de anúncios sabe que isto requer tempo. Existe um certo período de tempo em que é necessário testar as coisas.

É preciso perceber o que é que está a funcionar mal para emendar isso, e o que é que está a funcionar bem, para fazer mais do mesmo, e ter mais resultados.

E isto não se faz dum dia para o outro. Tudo isto requer tempo e talento. Você pode não ter o tempo nem a paciência para isso, mas pode ter a vontade de querer pedir ajuda alguém. Mas antes de pedir ajuda, tem de ter os pés assentes na terra, e ter expectativas realistas em relação àquilo que é possível fazer com os anúncios Facebook.

Por exemplo na minha atividade, eu digo aos meus clientes para não esperarem resultados nos primeiros 3 meses. Normalmente consigo resultados nos primeiros três meses, mas mais vale prometer por baixo e maravilhar por cima, do que depois as coisas não acontecerem como as pessoas querem.

E por isso é preciso tempo para analisar as coisas e perceber o que é que se está a converter, e quando digo converter é conversão de alguma lead ou de alguma venda, ou um pedido de orçamento ou seja o que for, é preciso perceber o que está a funcionar mal para conseguir remediar isso, e o que é que está a funcionar bem para nós conseguirmos escalar (expandir) isso para ter ainda mais resultados, para conseguirmos fazer com que as pessoas entrem dentro do nosso mundo e consigamos ter mais clientes e mais resultados no nosso negócio, na nossa empresa, na nossa atividade.

Para isso não pense que é só contratar uma pessoa e que ele(a) vai ser a solução mágica para as suas preces. Não é assim que as coisas funcionam, é preciso ter os pés assentes na terra e perceber que isto leva tempo.

Se for contratar alguém, então, que tenha ali uma margem de manobra no seu orçamento para perceber que as coisas não têm retorno logo na hora. Isto pode demorar alguns meses porque é necessário aquela informação, aqueles dados, para conseguirmos otimizar as coisas e então a partir daí começarmos a ter resultados.

Para recapitular, aqui estão as 3 perguntas de novo…

A primeira pergunta é: o seu negócio, a sua empresa já tem alguma embalagem? Já tem clientes?
A segunda pergunta é: você já fez anúncios Facebook, e se sim, teve alguns resultados com eles?
A terceira pergunta é: pode-se dar ao luxo de pagar a alguém para gerir os seus anúncios, e pagar também pelos anúncios sem ver retorno imediato?

Marque um amigo nos comentários, comente, goste, partilhe, coloque-me as suas perguntas que vou fazer os possíveis para responder, e vamos ter aqui uma discussão inteligente em relação a isto.

No próximo vídeo vou partilhar consigo como é trabalhar com um consultor de anúncios Facebook e aquilo que você pode esperar antes de ir contratar um consultor de anúncios para o(a) ajudar com os seus anúncios.

Então, até lá, o meu nome é João Alexandre, e obrigado.


Ao teu sucesso,
assinatura-joao-78x50-nenhuma
João Alexandre
Estratega Digital

Marketing Digital sem espinhas

Deixe um comentário